Projeto Metal 2 World 2020/2021
Projeto Valor Metal 2 - Inovação e Sustentabilidade 2020/2021
Projeto Valor Metal 2017/2019
Projeto Expor Africa 2017/2018
Projeto Metal 2 World 2020/2021

Designação do projeto | Metal 2 World

Código do projeto | POCI-02-0752-FEDER-046523

Objetivo principal | O projeto METAL2WORLD, promovido pela ANEME, visa a promoção internacional das empresas do setor metalúrgico e eletromecânico, centrando-se na promoção internacional da oferta nacional e prospeção de novos mercados, de forma a elevar a sua competitividade e promover o seu valor acrescentado.

Região de intervenção | NORTE, CENTRO E ALENTEJO

Entidade beneficiária | ANEME – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESAS METALÚRGICAS E ELETROMECÂNICAS

Data de aprovação | 01-07-2020

Data de início | 01-01-2020

Data de conclusão | 31-12-2021

Investimento elegível | 458 507,59

Apoio financeiro da União Europeia | 389 731,45 € (FEDER)

Objetivos

METAL2WORLD é um projeto estruturante que reforça a estratégia coletiva de internacionalização do setor metalúrgico e eletromecânico, assente na consolidação e diversificação para mercados com elevado potencial de crescimento, promovendo o reforço da capacitação empresarial das PME para a internacionalização, com vista a promover o aumento das exportações e da visibilidade internacional da oferta sofisticada e inovadora do setor no mercado internacional.

Apresenta os seguintes objetivos estratégicos:

- Promover a capacitação do conjunto alargado de empresas do setor para efetuar abordagens eficazes e sustentadas aos mercados externos;

- Aumentar o conhecimento das PME do setor metalúrgico e eletromecânico sobre os mercados prioritários, formas de acesso e modos de funcionamento, cultura de negócios, oportunidades e constrangimentos;

- Dinamizar a prospeção, as redes de contactos e o fortalecimento de relações institucionais nos países estratégicos beneficiando a atuação comercial das empresas nacionais nos mercados; 

- Potenciar a visibilidade e a notoriedade da oferta de bens e serviços do setor metalúrgico e eletromecânico nos mercados internacionais;

- Fomentar o alargamento da base exportadora e a alavancagem do potencial exportador das PME traduzindo-se num aumento efetivo das exportações;

- Incentivar processos colaborativos de internacionalização e a cooperação intra e extra setorial para o aproveitamento de oportunidades conjuntas e para a integração em cadeias de valor globais;

- Fomentar a disseminação do conhecimento gerado no tecido empresarial, entre as empresas do sector e em fileiras relacionadas;

- Contribuir para a qualificação do tecido empresarial e para a atratividade de conhecimento e investimento, aumentando a competitividade, o aumento das exportações e a criação de emprego das regiões Norte, Centro e Alentejo.

 

Apresenta os seguintes objetivos operacionais:

- Dinamizar ações coletivas de promoção internacional integrada da oferta nacional através da dinamização de ações de comunicação e promoção da imagem, da criação de diretório das empresas exportadoras, da participação em feiras internacionais e da realização de seminários de promoção do setor;

- Promover o conhecimento dos mercados, a prospeção comercial e a partilha de informação, através da realização de estudos de mercado, estudos de oportunidades e guias de exportação;

- Fomentar a articulação nos mercados através do estabelecimento de protocolos institucionais com entidades locais;

- Promover o conhecimento e partilha de grandes oportunidades para o setor metalúrgico e eletromecânico em diversos blocos económicos;

- Fomentar ações para a disseminação do conhecimento gerado no tecido empresarial.

 

Atividades

No alinhamento da estratégia delineada, o projeto consiste na dinamização de um conjunto integrado de atividades coletivas centradas na promoção internacional da oferta, presença em certames internacionais, prospeção e conhecimento de mercados, identificação e oportunidades e constrangimentos no acesso a novos mercados e plataformas de partilha e capacitação para os mercados prioritários no seio das áreas geográficas dos PALOP, América Central, Ásia e Europa.

Compreende assim as seguintes atividades:

  1. PALOP

1.1 Estudos

- Estudo Moçambique | Quelimane;

- Estudo Angola | Lubango;

- Estudo Cabo Verde | Santiago.

1.2 Seminários – Promoção do Setor

- Seminários de Promoção do sector – Angola | Lubango;

- Seminários de Promoção do sector – Moçambique | Maputo;

- Seminários de Promoção do sector – Cabo Verde |Santiago;

- Seminários de Promoção do sector – São Tomé e Príncipe |STP.

1.3 Feiras

- Moçambique: FACIM – Feira Internacional de Maputo (Maputo, 2020 e 2021);

- Cabo Verde: FIC – Feira Internacional de Cabo Verde (Santiago em 2020, Mindelo em 2021);

- São Tomé e Príncipe: FISTOP – Feira Internacional de São Tomé e Príncipe (2020 e 2021).

  1. CEDEO e SADC

Estudo “Oportunidades de cooperação para o setor MM na articulação dos espaços unificados da CEDEAO e SADC”

  1. AMÉRICA CENTRAL

3.1 Estudos

- Estudo Oportunidades de Negócio/Fichas de Mercado e Guia do Exportador – Honduras;

- Estudo Oportunidades de Negócio/Fichas de Mercado e Guia do Exportador – Guatemala.

3.2 Seminários – Promoção do Setor e Protocolos/Acordos

- Seminários de Promoção do sector e Protocolos/Acordos – Honduras;

- Seminários de Promoção do sector e Protocolos/Acordos – Guatemala

  1. ÁSIA

Estudo “Uma Faixa, Uma Rota”

  1. EUROPA

Estudo “Oportunidades do Brexit”

  1. 6. DIRETÓRIO

Diretório das empresas exportadoras portuguesas do setor M&EM

  1. Comunicação e disseminação dos resultados do projeto
  2. Gestão e acompanhamento
Projeto Valor Metal 2 - Inovação e Sustentabilidade 2020/2021

Designação do projeto | Valor Metal 2 - Inovação e Sustentabilidade

Código do projeto | POCI-02-0853-FEDER-046449

Objetivo principal | O Projeto VALOR METAL 2 configura a continuação do trabalho da ANEME no apoio à modernização do setor M&EM, apostando na inovação, na sustentabilidade, na digitalização (indústria 4.0) e na circularidade, enquanto eixos de oportunidades para desenvolver uma indústria mais inovadora e competitiva.

Região de intervenção | NORTE, CENTRO E ALENTEJO

Entidade beneficiária | ANEME – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESAS METALÚRGICAS E ELETROMECÂNICAS

Data de aprovação | 26-12-2019

Data de início | 01-01-2020

Data de conclusão | 31-12-2021

Investimento elegível | 883 804,33 €

Apoio financeiro da União Europeia | 751 233,68 € (FEDER) 

Objetivos

Através deste projeto pretende-se:

1) Perspetivar os futuros eixos de intervenção que permitam orientar as PME do setor na definição e desenvolvimento dos seus percursos de inovação e competitividade na próxima década, com base nos princípios de sustentabilidade, circularidade, produtividade e inovação tecnológica;

2) Incentivar e aprofundar a transição para a economia circular por parte das empresas, aproveitando o potencial de circularidade para revolucionar os modelos de negócios e as cadeias de valor e, assim, criar um novo quadro sistémico de inovação e competitividade industrial;

3) Promover e aprofundar a digitalização da indústria (indústria 4.0) nos processo, produtos e gestão dos recursos no setor M&EM;

4) Assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis no setor (eco inovação, descarbonização, simbioses industriais, eficiência energética, etc.), sensibilizando as PME para atividades qualificadas e inovadoras no domínio da sustentabilidade;

5) Incrementar as competências empresariais no que concerne ao conhecimento e importância de implementar medidas de ecoeficiência como forma de aumentar a sustentabilidade ambiental, mas também financeira das empresas.

6) Estimular e promover a sensibilização, a informação e a capacitação de empresas em torno dos desafios da sustentabilidade e inovação

7) Aumentar a produção de conhecimento e fomentar a disseminação desse conhecimento e as boas práticas, com repercussões positivas na capacidade de definição estratégica das empresas, no desenho das futuras políticas e na sensibilização empresarial para a sustentabilidade e a inovação.

Atividades

No âmbito da intervenção para a transição do setor para a economia circular propõe-se 3 atividades fulcrais:

1 – ESTRATÉGIA PARA A SUSTENTABILIDADE 2021 – 2030

2 – PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA A ECONOMIA CIRCULAR

3 – PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA A EFICIÊNCIA AMBIENTAL

4 – PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PARA A DIGITALIZAÇÃO

5 – METAL AWARDS

6 – PRODUÇÃO DE INFORMAÇÃO PARA O SETOR

7 – SESSÕES DE CAPACITAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE

8 – COMUNICAÇÃO E DISSEMINAÇÃO DE RESULTADOS DO PROJETO

Website Valor Metal 2

 

Projeto Valor Metal 2017/2019

Designação do projeto | VALOR METAL – CIRCULARIDADE, ECOEFICIÊNCIA, DIGITALIZAÇÃO E INFORMAÇÃO NA METALURGIA E ELETROMECÂNICA

Código do projeto | POCI-02-0853-FEDER-036185

Objetivo principal | O projeto pretende gerar condições para o desenvolvimento das PME do setor nos novos paradigmas de inovação e competitividade, dotando-as de conhecimento, informação e ferramentas para acelerar a transição para Economia Digital e Economia Circular.

Região de intervenção | NORTE, CENTRO E ALENTEJO

Entidade beneficiária | ANEME – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESAS METALÚRGICAS E ELETROMECÂNICAS

Data de aprovação | 24-01-2018

Data de início | 01-01-2018

Data de conclusão | 31-12-2019

Investimento elegível | 755.319,01 €

Apoio financeiro da União Europeia | 642.021,16 € (FEDER)

Objetivos

Através deste projeto pretende-se:

  • Orientar as PME no sentido de acerar a adoção da INDÚSTRIA 4.0;
  • Sensibilizar as PME para a promoção e intensificação de atividades inovadoras e qualificadas para a sua progressão na cadeia de valor, com base na implementação dos princípios e fundamentos da Economia Circular, Ecoeficiência e Digitalização;
  • Sensibilizar para a importância da literacia financeira dentro das PME e desenvolver para que estas possam tomar decisões informadas e atualizadas;
  • Pretende-se que as iniciativas que integram este projeto atuem como indutoras de novas formas de gestão e organização empresarial, nos processos de produção industrial, ao longo de toda a cadeia de valor e nos próprios produtos, incorporando a digitalização, a circularidade e a ecoeficiência e inovação como fatores críticos de competitividade no mercado global.

Atividades

No âmbito da intervenção para a transição do setor para a economia circular propõe-se 3 atividades fulcrais:

  • Definição de uma agenda setorial;
  • Capacitação para a economia circular;
  • Marketplace Valor Metal.

No âmbito da intervenção na Ecoeficiência - SIMCA V2, propõem-se as seguintes atividades:

  • Acções de sensibilização, informação e demonstração da plataforma Simca V2;
  • Desenvolvimento da plataforma - Simca V2;
  • Módulo de análise de dados - Simca V2.

No âmbito da intervenção para a aceleração da adoção da indústria 4.0 no setor, estão previstas as seguintes atividades:

  • Avaliar o estado de maturidade atual da indústria na região no que toca à Indústria 4.0;
  • Identificação dos principais desafios do setor metalúrgico e eletromecânico na Indústria 4.0;
  • Recomendações e plano de ação na transição para a digitalização do sector.

No âmbito da Informação Empresarial estão previstas as seguintes atividades:

  • Produção de meios de informação;
  • Acções de sensibilização.

Por fim, duas atividades de natureza transversal que dizem respeito à comunicação e gestão da operação:

  • Comunicação e disseminação de resultados;
  • Gestão do projeto.

Website Valor Metal

 

Projeto Expor Africa 2017/2018

Projeto Nº: 24 909

Investimento Elegível Aprovado: 351 224,26 €

Aviso Nº: 01/SIAC/2016 SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS – INTERNACIONALIZAÇÃO

PO: POCI – PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

Designação:  EXPOR AFRICA

OBJETIVO:

O projeto EXPOR AFRICA – Exploring New African Markets, que se iniciou em 2017 e será concluído no final de 2018, inscreve-se na estratégia de internacionalização definida pela ANEME para as empresas do setor metalúrgico e eletromecânico, assente na diversificação de mercados de exportação, apostando em novas geografias com potencial de crescimento económico e estabilidade social e política.

Em termos gerais o projeto pretende reforçar a capacitação empresarial para a internacionalização, com vista a promover o aumento das exportações e a visibilidade internacional dos produtos metalúrgicos e eletromecânicos portugueses na Argélia Gana, sendo os seus objetivos estratégicos os seguintes:

1) Aumentar o conhecimento das PME’s do setor metalúrgico e eletromecânico, sobre os mercados da Argélia e do Gana – modos de funcionar, cultura de negócios, oportunidades e necessidades destes mercados;

2) Promover a capacitação de um conjunto significativo de empresas no sentido de facilitar abordagens eficazes, sustentadas e fundamentadas, aos canais de distribuição destes países;

3) Realizar a prospeção e o engagement para este setor e fortalecer as relações institucionais entre os países, como forma de encurtar o caminho de atuação comercial das empresas portuguesas.

ATIVIDADES:

Ao longo do projeto serão implementadas as seguintes atividades, no âmbito dos mercados Argélia e Gana:

  • Edição de estudos e fichas de mercado, preparados ao longo do ano anterior;
  • Edição de ferramentas de internacionalização – guias de exportação e fichas de intelligence, preparadas durante 2017;
  • Realização, em abril, de workshops de apresentação dos mercados;
  • Produção de um vídeo promocional do setor nos mercados;
  • Visita/missão institucional aos dois mercados, durante as quais serão realizadas conferências sobre “ A Oferta Portuguesa da Metalurgia e Eletromecânica”;

A visita ao Gana decorrerá no primeiro semestre (maio) e a visita à Argélia no segundo (outubro);

  • Realização de missões inversas em Portugal com representantes institucionais e opinion makers, dos dois mercados. A missão do Gana será no primeiro semestre (junho) e a missão da Argélia no segundo semestre.

OUTPUTS:

PROJETO INFORCOMPETE (2016/2017 - SIAC/P 2020)
PROJETO METAL EMPREENDE (2016/2017 - SIAC/P2020 - parceria ANEME/AIDA)
INTERNACIONALIZAR EM PORTUGUÊS (2016/2017 - SIAC/P2020 - parceria ANEME/AIDA)
PROJETO INFORCOMPETE (2016/2017 - SIAC/P 2020)

Projeto Nº.: 16274

Aviso Nº.: 04/SIAC/2015  - SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS  - QUALIFICAÇÃO

Progama Operacional: POCI - PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

Designação: INFORCOMPETE

Investimento Elegível Aprovado: 397 831,20 €

Objetivo: O INFORCOMPETE tem como objetivo criar, desenvolver e melhorar um conjunto de instrumentos e ferramentas informativas de suporte ao incremento das competências, capacidade empresarial e competitividade das empresas metalúrgicas e eletromecânicas a nível nacional e internacional.

O INFORCOMPETE, vem, por um lado, reforçar e dar continuidade a algumas das ações desenvolvidas no âmbito dos projetos anteriores, que se revelaram fundamentais no processo de informação / sensibilização ao tecido empresarial, e por outro, potenciar novos mecanismos e ferramentas que permitam apoiar as empresas, de forma eficaz e eficiente, a repensarem a sua estratégia que, mais do que nunca, passa por uma presença e posicionamento em mercados internacionais.

PLANO DE AÇÃO

Pretende-se fomentar um conjunto de ações de informação, de sensibilização, e de representação externa que promovam a competitividade das empresas e simultaneamente promovam a imagem de marcas e produtos portugueses no exterior.

Para além da produção de meios de informação, atividades de informação e sensibilização – Seminários/ workshops, estudos, informação sobre sectores, produtos/serviços, destaca-se o SIMCA - Sistema de Monitorização dos Custos Ambientais, que vai permitir a identificação de todos os custos ambientais e das medidas de ecoeficiência aplicáveis ao sector metalúrgico e eletromecânico e a construção de uma plataforma informática de monitorização e redução dos custos ambientais do sector.

Outputs:

PROJETO METAL EMPREENDE (2016/2017 - SIAC/P2020 - parceria ANEME/AIDA)

Projeto Nº.: 16237

Aviso Nº.: 03/SIAC/2015  - SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS - PROMOÇÃO DO ESPÍRITO EMPRESARIAL

Programa Operacional: POCI - PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

Designação:  METAL EMPREENDE

Investimento Elegível Aprovado294 883,08 €

Objetivo: O projeto METAL EMPREENDE privilegiará a implementação de ações de estímulo e motivação para o empreendedorismo, captação e desenvolvimento de talentos empresariais, para ajudar empreendedores a desenvolver planos de negócios e criar empresas com sucesso.

Constituem objetivos estratégicos para o projeto:

- A promoção do empreendedorismo qualificado e tecnológico, alinhado com as necessidades reais e específicas de um tecido empresarial estabelecido, que representa potencialmente a base de clientes para os novos negócios/ startups;

- Facilitar a criação de novas empresas/startups numa lógica de alinhamento com as necessidades do mercado ao nível do setor metalúrgico e eletromecânico, permitindo-se maior eficácia na abordagem comercial, e consequente aceleração no crescimento destes novos negócios.

INTERNACIONALIZAR EM PORTUGUÊS (2016/2017 - SIAC/P2020 - parceria ANEME/AIDA)

Projeto Nº.: 15 123

Investimento Elegível Aprovado: 395 281,26 €

Aviso Nº.: 02/SIAC/2015 SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS - INTERNACIONALIZAÇÃO

Programa Operacional: POCI - PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

Designação:  INTERNACIONALIZAR EM PORTUGUÊS

Objetivo: Este projeto tem um espaço estratégico – o mundo económico globalizado – com um âmbito multisetorial, direcionado, em especial, para um universo económico da CPLP e seus espaços de integração regional, bem como, e em simultâneo, para uma área de organizações económicas mundiais de âmbito multisetorial, onde se podem desenvolver sinergias para uma melhor intervenção das empresas através da realização de ações de índole cooperativa.

O objetivo estratégico deste projeto é o de potenciar, dinamizar e incrementar a presença económica portuguesa no mercado globalizado, criando mais e melhores condições para o acesso a novos mercados, promovendo a oferta nacional, a internacionalização das empresas, dinamizando o conhecimento de realidades industriais e empresariais de países da CPLP, criando processos colaborativos a nível empresarial e institucional, utilizando as tecnologias de informação e comunicação.

Outputs:

ESTUDO_CABO_VERDE_2016

Guião CPLP